Nos últimos 5 anos, o fotógrafo brasileiro se mantém entre os Top 10 na maior competição mundial da fotografia panorâmica.

A Epson International Pano Awards, a maior competição mundial da fotografia panorâmica, divulgou em outubro os vencedores e distribuiu mais de U$ 60 mil em prêmios na edição 2016. Este ano as regras mudaram e o vencedor é avaliado pelo conjunto de imagens entre as Top 50. Assim, quem tiver maior pontuação entre suas três melhores imagens é considerado o vencedor.

Marcio Cabral classificou-se em 3º Lugar na Categoria VR | © Divulgação

O americano Alex Noriega foi o Fotógrafo do Ano da Categoria OPEN, com a imagem de árvores em hibernação feitas durante o inverno no Monte Rainier, Washington, EUA.

Epson International Pano Awards | Fotógrafo do Ano | Categoria: OPEN | Fotógrafo: Alex Noriega | Imagem: Hibernation

Nicholas Roemmelt, da Alemanha, venceu a Categoria AMADOR com uma imagem de um fotógrafo diante da Aurora Boreal em Stokksnes, Islândia.

Epson International Pano Awards | Vencedor | Categoria: AMATEUR | Fotógrafo: Nicholas Roemmelt | Imagem: The Photographer

O russo Oleg Gaponyuk, da Airpano, venceu a Categoria VR com uma imagem subaquática do Cenote The Pit, na região de Yucatán, México.

Epson International Pano Awards | Vencedor | Categoria: VR | Fotógrafo: Oleg Gaponyuk | Imagem: The Beauty Of The Pit Cave

O Prêmio Carolyn Mitchum foi conquistado pelo sul africano Hougaard Malan. A imagem capturada dos raios de sol entrando na Cachoeira Ruacana, na Namíbia, rendeu um prêmio de U$ 5 mil.

Epson International Pano Awards | 1º Lugar | Prêmio: Carolyn Mitchum | Fotógrafo: Hougaard Malan | Imagem: Will To Live

O holandês Marsel Van Oosten conquistou o Prêmio Epson Digital Art com a captura de um Tuareg andando solitário no deserto da Líbia.

Epson International Pano Awards | 1º Lugar | Prêmio: Epson Digital Art | Fotógrafo: Marsel Van Oosten | Imagem: The Lone Tuareg

O australiano Rodney Trenchard recebeu o Prêmio Curators com uma panorâmica feita no Lago Pukaki, Nova Zelândia.

Epson International Pano Awards | 1º Lugar | Prêmio: Curators | Fotógrafo: Rodney Trenchard | Imagem: The Cloud Piercer

O suíço Simon Roppel foi o vencedor do Prêmio Momento Extremo capturando um lago com geleiras na Montanhas Canadenses.

Epson International Pano Awards | 1º Lugar | Prêmio: Momento Extremo | Fotógrafo: Simon Roppel | Imagem: From The Inside

Marcio Cabral foi o único brasileiro premiado na edição 2016. Classificou-se em 3º Lugar – pelo segundo ano consecutivo – na Categoria VR com uma imagem subaquática do Recanto Ecológico Rio da Prata, localizado na cidade de Jardim/MS, Brasil.

Epson International Pano Awards | 3º Lugar | Categoria: VR | Fotógrafo: Marcio Cabral | Imagem: Olho D´Água River

O fotógrafo brasileiro também conquistou prêmios Prata e Bronze com seis imagens entre as Top 50 da Categoria VR. A panorâmica Cave Treasure (São Domingos/GO) se classificou em 15º Lugar e a Abismo Anhumas (Bonito/MS) em 27º Lugar. Na Categoria OPEN, conquistou Prata com Hoseshoe Paine, uma imagem da curva em forma de ferradura de um rio na Patagônia Chilena, com as Torres del Paine ao fundo.

Epson International Pano Awards | 15º Lugar | Categoria: VR | Fotógrafo: Marcio Cabral | Imagem: Cave Treasure

Epson International Pano Awards | 27º Lugar | Categoria: VR | Fotógrafo: Marcio Cabral | Imagem: Abismo Anhumas

Epson International Pano Awards | Prata | Categoria: OPEN | Fotógrafo: Marcio Cabral | Imagem: Hoseshoe Paine

Marcio Cabral é o maior especialista em fotografia panorâmica e de landscape do Brasil. Nos últimos 5 anos, o brasiliense se mantém entre os Top 10 na Categoria VR do Epson International Pano Awards, considerada a maior competição mundial da fotografia panorâmica. Apenas os fotógrafos russos da Airpano conseguiram um resultado melhor do que este. Em 2015, foi jurado na Categoria OPEN, onde conquistou 2º Lugar em 2014.