O fotógrafo Marcio Cabral esperou (e muito) o momento certo e captou o momento da curiosidade da anta-bebê.

Nathalie Mayer, jornalista especializada em assuntos sobre o planeta para o Futura, portal francês sobre o conhecimento, relatou a façanha do fotógrafo brasileiro Marcio Cabral pelo ineditismo de fotografar uma anta-bebê completamente submersa.

A anta-brasileira ou simplesmente anta (Tapirus terrestris), também conhecida como tapir, é o maior mamífero terrestre do Brasil.

Para conseguir tirar essas fotos debaixo d’água (veja aqui as imagens e a matéria completa), Marcio Cabral teve que esperar muitas horas pela família de antas. A beleza observada nas imagens se deve, primeiro, à cristalinidade do Rio Olho D’Água, localizado no Recanto Ecológico Rio da Prata, em Jardim/MS. Segundo, pela paciência do fotógrafo em esperar pelos animais que são selvagens e muito ariscos; ele sabia que tinha que ser rápido nos cliques, pois quando uma anta mergulha no fundo do rio, agita a terra e rapidamente perturba a água. Terceiro, a curiosidade da anta-bebê que ilustra esta matéria, brindou o fotógrafo com essa imagem espetacular e inédita!

Esta foto mostra a excelente hidrodinâmica do animal (que pode chegar a 300 Kg), o formato de sua cabeça que permite que ele se mova rapidamente debaixo d’água.