A imagem foi clicada no interior de uma caverna localizada no Parque Estadual de Terra Ronca (Goiás).

O CVCE Photo é um concurso internacional que tem as atividades de montanhas como seu tema principal. Organizado pelo Club Vasco de Camping Elkartea, clube de montanhismo, com sede em Donostia / San Sebastián, cidade espanhola localizada no País Basco espanhol, capital da província de Guipúscoa.

Aberto a todos os fotógrafos do mundo – amadores ou profissionais – o concurso tem como enfoque as atividades de montanha. Qualquer imagem relacionada às atividades desportivas (não motorizadas), como por exemplo, alpinismo, escalada, esqui, trekking, espeleologia, parapente, entre outras, pode ser inscrita.

Os membros do júri são fotógrafos com reconhecido prestígio na fotografia de montanha e/ou pessoas ligadas a montanhas. O júri avalia os trabalhos de acordo com: composição, técnica, oportunidade do clique e originalidade.

Fotoexplorer-Marcio-Cabral-noticia-160713-aImagem vencedora | © Paul Bride

Nesta segunda edição participaram fotógrafos de 55 países e o grande vencedor foi Paul Bride com a imagem The Storm.

Entre os finalistas estão imagens de renomados fotógrafos como o alemão Klaus Fengler e o austríaco Markus Berger que já foram vencedoras absolutas do Memorial Maria Luisa – MML, em 2014 e 2015, respectivamente. O MML é outro importante concurso fotográfico internacional com sede na Espanha.

Fotoexplorer-Marcio-Cabral-noticia-160713-bImagem finalista | © Marcio Cabral

O fotógrafo Marcio Cabral foi o único brasileiro finalista com a panorâmica Preciosidad de Cueva, imagem clicada no interior de uma caverna localizada no Parque Estadual de Terra Ronca (Goiás). Por coincidência, Cabral também venceu a categoria Paisagens de Montanha do MML este ano.

Vídeo

Aqui você pode ver um incrível vídeo com as fotografias selecionadas para o catálogo do concurso, as finalistas e as vencedoras.

Sobre Marcio Cabral

Marcio Cabral é, atualmente, o fotógrafo mais premiado do Brasil. Apenas nos últimos 2 anos, conquistou cinco títulos absolutos (Holanda, Espanha, Itália, Alemanha e Inglaterra), o recorde mundial com a maior imagem subaquática e vários títulos de categoria. Venceu também a categoria Outdoor Adventure no NBP Windland Smith Rice Awards, um dos principais concursos de fotografia de natureza nos Estados Unidos. Além do Royal Botanic Gardens em Kew, suas imagens premiadas participaram de exposições nos últimos anos em diversos museus e galerias na Alemanha, Espanha, Bélgica, Reino Unido, França Itália e EUA, e também em um dos maiores museus de História Natural do mundo, o Smithsonian National Museum of Natural History (Washington D.C., EUA).